Riachão do Dantas: professores e professoras se reunirão em assembleia para debater proposta da prefeitura

265

Dirigentes do SINTESE e comissão local de negociação participaram nesta segunda-feira, dia 21, de audiência com a prefeita de Riachão do Dantas, Simone Andrade (conhecida como Simone de dona Raimunda) e membros de sua gestão para tratar sobre a revisão do piso salarial de 2022.

A prefeita fez proposta com relação ao pagamento da revisão do piso. A proposta será apresentada a professores e professoras de Riachão do Dantas em assembleia na próxima quarta-feira, 23, às 9h.

Além do pagamento da revisão do piso, foi tratado também na audiência sobre distorções do plano de carreira do magistério municipal de Riachão do Dantas, que precisam ser adequadas com urgência.

Para os dirigentes do SINTESE a proposta levada pela prefeitura é insatisfatória

“Ainda não vemos como satisfatória a proposta apresentada pela prefeitura, mas vamos leva-la para que a categoria a avalie em assembleia. A revisão do piso é Lei e, portanto, uma obrigação por parte do gestor, que deve respeitar não somente o valor do percentual a ser revisado, que neste ano é de 33,24%, bem como a carreira e os demais direitos do magistério. Esperamos que a prefeita Simone e sua equipe gestora cumpram o compromisso com o magistério de Riachão, investindo em valorização, respeitando a Lei e pagando a revisão do piso”, coloca o coordenador do SINTESE na região Centro Sul, professor Estefane Lindeberg.

O piso salarial do magistério é assegurado à categoria desde o ano de 2008, pela Lei Nacional 11.738. A lei é taxativa ao colocar que professores e professoras devem ter o valor do piso revisado anualmente, sempre em janeiro.

O SINTESE está travando uma árdua luta nas redes municipais e na rede estadual de ensino pela revisão do piso salarial do magistério. O Sindicato reivindica que o piso seja revisado sem qualquer perda de direitos para professores e professoras e respeitando a carreira.