Rede estadual: Amanhã tem Ato da Indignação no Palácio de Despachos

78

Amanhã, dia 24, a partir das 8h que o SINTESE realiza o “Ato da Indignação” contra o governo Belivaldo Chagas e os deputados estaduais que aprovaram projetos que degolam e jogam uma pá de cal na carreira do magistério.

“Ainda estamos em paralisação, por isso, amanhã é dia de luta em frente ao Palácio de Despachos”, disse a presidenta do SINTESE, Ivonete Cruz.

Hoje, nas redes sociais, os professores e professoras manifestaram a sua indignação com a decisão dos deputados estaduais de aprovarem projetos que congelam o triênio, criam um abono sem base legal e que só vai durar até dezembro deste ano, acabam com as gratificações de regência de classe e atividade pedagógica I e I, além de aprofundar o massacre aos aposentados quando o percentual de reajuste salarial será de 10,16%.

“Infeliz é um Estado que não reconhece e nem valoriza os seus professores! Que ridículo são os discursos vazios de tantos destes que, nos palanques falam tanto que somos os profissionais mais importantes porque formamos outras profissões e, no entanto, na prática nos presenteiam com humilhação diária e perda de direitos. É angustiante não poder viver em paz a profissão escolhida! E ainda nos falam em acolhimento socioemocional nesse retorno às aulas presenciais”, postou em seu perfil no Instagram a professora Cláudia Patrícia Santana.

E é essa indignação e revolta que os professores e professoras vão levar amanhã para o Palácio de Despachos.