Magistério de Itaporanga na luta pela atualização do piso

107

O dia 17 de maio também foi de luta para os professores e professoras de Itaporanga D’Ajuda. A categoria paralisou as atividades e realizou pela manhã ato na praça da rodoviária reivindicando o pagamento da atualização do piso do magistério e dialogando com a população.

Há meses a comissão sindical e o departamento de Bases Municipais do SINTESE insistem com a administração de que é necessário, pelo menos, apresentar uma proposta, pois vale lembrar que de acordo com a lei 11. 738/2008 a revisão deve ser feita anualmente no mês de janeiro. Em 2022 o percentual é de 33,24% e deve ser aplicado na carreira sem retirada de direitos.

O ato foi finalizado com uma feijoada construída coletivamente pelos professores e professoras.

O magistério itaporanguense espera que a administração de Otávio Sobral apresente proposta e faça a atualização do piso conforme a lei, pois análises feitas pela assessoria financeira do sindicato mostram que não há falta de recursos.