Vitória da luta: professores e professoras de Brejo Grande vão receber atualização do piso de 2022 de forma integral

420

Por aqui sempre costumamos dizer que a luta faz a Lei, mas a luta também faz com que a Lei seja cumprida e os professores e professoras da rede municipal de Brejo Grande são prova disso. Na quarta-feira, dia 18, a câmara de vereadores do município aprovou a revisão do piso salarial de 2022, que é de 33,24%.

O percentual do piso será pago a professores e professoras de forma integral, e o mais importante, sem retirada ou incorporação de qualquer direito, respeitando o que diz a Lei.

Desde 2008, de acordo com a Lei Nacional 11.738, que regulamenta o pagamento do piso salarial do magistério, professores e professoras da rede pública de todo Brasil devem ter o piso salarial revisado anualmente, sempre em janeiro, respeitando o que preconiza a carreira do magistério.

“Esperamos que o que aconteceu na quarta-feira aqui em Brejo Grande sirva de exemplo para outros municípios de Sergipe. Obviamente é importante dizer que o piso salarial do magistério é garantido por Lei, ou seja, atualizar o piso salarial de professores e professoras anualmente não é um favor ou benevolência dos gestores municipais, mas sim o cumprimento de algo estabelecido por Lei. Parabenizamos os professores e professoras de Brejo Grande pela luta e pela vitória, certos de que tantas outras virão”, congratula a coordenadora geral do SINTESE da subsede do Baixo São Francisco II, Alecsandra Alves.